Seja bem vindo ao nosso site Sertão Notícias com Wellington Barbosa!

ATEL 02
Sertão Notícias

NOTICIAS

Ioiô de Licínio será o homenageado do Carnaval 2016 de Belém do São Francisco

Publicada em 18/01/16 às 17:56h - 597 visualizações Fonte: LEITE, Marlindo Pires. Belém do Rio São Francisco. (Via): Blog joselia maria

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Ioiô de Licínio será o homenageado do Carnaval 2016 de Belém do São Francisco

Música de João Lustosa de Carvalho - Yoiô
"Quando eu me lembro da minha mocidade
Das marchas de Capiba e outras mais
Ai, que saudade eu tenho dos velhos carnavais
Um bloco lá na rua com toda animação
Lança-perfume e confetes no salão
Um frevo gostoso num passo infernal
Assim eu brincava três dias de carnaval."

O CARNAVAL EM BELÉM

O carnaval de Belém do São Francisco é um dos mais antigos do Estado de Pernambuco, tendo início no final do século de XIX com a criação da Filarmônica do povoado.
Já chegando os anos vinte do século XX no município de Belém do São Francisco, veio à criação do primeiro boneco gigante do Brasil: Zé Pereira. Mais tarde, foi criada sua parceira Vitalina. Assim, iniciou-se o costume dessas figuras alegóricas no carnaval do Brasil.
No cortejo de Zé Pereira e Vitalina, seguiam a Filarmônica e os blocos, com marchinhas compostas por compositores locais, que se juntavam àquelas que vinham do cancioneiro carnavalesco nacional. Depois vieram os caretas que buscavam a adesão daqueles que resistiam cair na folia.

OS PRIMEIROS FOLGUEDOS - Com a criação da Filarmônica em 1894, no ano seguinte (1895) aconteceram as primeiras folias de carnaval no povoado de Belém, com marchinhas que animaram os primeiros foliões e caíram no gosto da comunidade. Daí para frente, a Filarmônica anima o carnaval, incorporando o folguedo à cultura local. Mas as brincadeiras ainda eram simplórias e culminavam com um baile em salão residencial.

A CRIAÇÃO DE ZÉ PEREIRA E VITALINA - Entre 1905 e 1928, quando Belém se consolidava como sede de município às margens do Velho Chico, o Padre belga Norberto Phalempin conduziu a vida religiosa e cultural do lugarejo, como seu primeiro vigário, e também contribuiu para a forma como os belemitas vivenciam o carnaval. De forma rotineira, o Padre expunha oralmente os costumes do seu torrão natal - a Bélgica - para um grupo de freqüentadores da Casa Paroquial. O Padre descrevia as festas religiosas européias em que se utilizavam grandes figuras humanas bíblicas em procissões, a fim de atrair fiéis para rituais litúrgicos.
Atento ouvinte, Gumercindo Pires de Carvalho (filho do Cel. Jerônimo Pires de Carvalho e Hermelinda Pires de Carvalho
Dindinha) recontextualizava as gigantes alegorias no seu imaginário juvenil, inserindo-as no único folguedo da cidade. Um dia, ele concebeu aquelas figuras gigantes para uma finalidade diferente daquela exposta pelo Padre.

Enquanto o Padre Norberto proclamava os feitos religiosos de sua terra, Gumercindo projetava o uso daquelas alegorias para ser o centro da animação do carnaval de Belém, ou seja, a transferência de um elemento do sistema simbólico cristão (católico) para o sistema de representação pagã.
Folião apaixonado de primeira hora, ele desejava estimular o espírito carnavalesco daquela pequenina cidade, ainda sem qualquer meio de comunicação de massa. Quase sonhando, ele imaginava ter encontrado a fórmula de arrebatar definitivamente o entusiasmo de seus conterrâneos para a folia.
Artista nato, o jovem Gumercindo procurou a sua tia Almerinda Benquerida do Amor Divino-Nenzinha, que utilizava a técnica de papel machê na confecção de santos e figuras para a Lapinha de Belém, popularmente conhecida como a Lapinha de Nenzinha e, com ela, projetou a modelagem de um boneco gigante.
Com a massa de papel machê, Gumercindo moldou uma imensa cabeça masculina, com bigode e barba pintados. Teve como auxiliares: José Duarte Lima na modelagem, Luiz Borges (conhecido por Luiz de Tomásia) na pintura, Deoclécio Lustosa de Carvalho Pires como financiador do projeto e Nenzinha na confecção das mãos e das roupas.

O corpo, com estrutura em madeira, vestia um macacão estampado. Não como Deus, mas como um artesão que recebeu um dom divino, ali estavam criador e criatura. O mito da criação se recriava.
Precisava dar-lhe nome. Lembrou do português José Pereira que, no Rio de Janeiro, à época do império, iniciou o entrudo no carnaval brasileiro. Em sua homenagem, batizou o boneco de Zé Pereira e estreou no carnaval de 1919. Produziu uma encenação para a chegada de Zé Pereira da Europa (chamada, como gracejo, de Oropas), a título de convidado especial da sociedade belemita para os dias de folia.

Chegando de barco pelo Rio São Francisco, a Filarmônica e o povo aguardavam seu desembarque no porto. Os componentes da Banda fantasiados de marinheiros e as crianças de palhaços. Daí em diante, Zé Pereira vem comandando o reinado do povo que, em Belém, não é de Momo, tornando-se tradição nos carnavais. Inicialmente aos sábados e, depois, nas sextas-feiras à noite, impreterivelmente e sem atrasos, a recepção a Zé Pereira é marco oficial da abertura do carnaval belemita.
A partir de 1925, os bailes carnavalescos saíram dos salões de residências para o Teatro Santa Cecília, porque não havia clube social.




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








WhatsApp 087 9 9805 9627
+ Acessadas
ALUNOS DOS CURSOS DE BACHARELADO EM FARMÁCIA E DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DO CESVASF REALIZARAM VISITA TÉCNICA NA ESCOLA DO VINHO (IF SERTÃO - PETROLINA) E NA VINÍCOLA RIO SOL (LAGOA GRANDE).
Belém do São Francisco terá curso de Medicina, antecipa presidente da ABCDE, Ana Gleide
ABARÉ-BA: DEPUTADO PEDRO TAVARES SOLICITA AMPLIAÇÃO DE SINAIS DE TELEFONIA PARA O MUNICÍPIO.
CAMINHONEIRO MANDA RECADO AOS BANDIDOS DE CABROBÓ, IBÓ E BELÉM; A TERRA DE ?SEU NINGUÉM!?
FELIZ ANIVERSÁRIO VAQUEIRA MARISA ADRIANA
Homicídio em Rodelas-BA.
RAIO MATA ANIMAIS NO MUNICÍPIO DE BELÉM DO SÃO FRANCISCO PE
ACIDENTE COM VITIMA FATAL E TRÊS FERIDOS NA CURVA DO RIACHO PEQUENO EM BELÉM DO SÃO FRANCISCO
Vídeo:idoso de 70 anos é flagrado fazendo sexo com galinha no quintal de casa
OVELHA NASCE COM CARA DE LOBISOMEM EM BARROCAS-BA
Redes Sociais
Galeria de Fotos
Iº  SIMPÓSIO DE MEIO AMBIENTE DO CESVASF
Iº SIMPÓSIO DE MEIO AMBIENTE DO CESVASF
Representantes da ABCDE/CESVASF prestigiam posse de novos conselheiros do Conselho Estadual de Educação
Representantes da ABCDE/CESVASF prestigiam posse de novos conselheiros do Conselho Estadual de Educação
GRUPO CASA E COMPANHIA NA TORCIDA PELO BRASIL
GRUPO CASA E COMPANHIA NA TORCIDA PELO BRASIL
Publicidade Lateral
CASA E CIA
O POVO COM A NOTICIA
rgs advogados
Estatísticas

Visitas: 4477625

Usuários Online: 9

Parceiros
rodelas.comportal formosachorrocho em focofm sertanejaSite GerenciávelSERTAO EVENTOS lider do sertaoTabajara FMsertao maniaO POVO COM A NOTICIA
Sertão Noticias.com
Copyright (c) 2022 - Sertão Notícias - Todos os direitos reservados
Converse conosco pelo Whatsapp!
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, radio matutos, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, Últimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD