Buscar  
Policial

Publicada em 21/12/17 as 17:36h - 225 visualizações
BAHIA:Polícia apreende fuzis, munições, explosivos e drogas do BDM em Catu de Abrantes

Sertão Notícias


ma grande apreensão de armas, munições e drogas foi feita por policiais da 59ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), sob o comando do major Jorge Paraíso, na zona rural de Catu de Abrantes, na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador, na tarde desta quarta-feira (20). 

Em coletiva na manhã desta quinta-feira (21), no auditório do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), na Pituba, em Salvador, a polícia detalhou a ação policial.

Foram apreendidos um fuzil HK de origem húngara, calibre 762, com 219 munições, um fuzil 156 com 1065 munições, 16 quilos de explosivos plásticos, 52 espoletas, 500 quilos de maconha, 5 quilos de crack, cinco quilos de cocaína, cinco toucas do tipo brucutu, um blusão do exército, um caderno contendo informações, uma balança de precisão e medicamentos antibióticos.

"Nós recebemos uma denúncia de um carro que tinha sido roubado e estava numa localidade em Catu de Abrantes, e a guarnição foi deslocada para confirmar a presença desse veículo, e o carro foi encontrado. E, em ato contínuo, porque o carro estava em um ambiente que não era para ele estar, os policiais suspeitaram e iniciaram incursões. Dentro da casa, encontramos a maior parte da droga. Não satisfeitos com o resultado, os policiais fizeram outras incursões ao redor da residência, e detectaram que a terra estava removida, ao mexer no terreno encontraram mais drogas", detalhou o major Paraíso. O carro modelo Ônix, segundo o major, roubado no dia 16 de dezembro, na mesma região, foi rastreado pela seguradora.

Segundo o diretor do Draco, Marcelo Sansão, a polícia já tem indícios que o material pertence à facção criminosa Bonde do Maluco (BDM). Os líderes do grupo Venicio Bacellar, conhecido como Fofão, e Rafael Almeida de Jesus, mais conhecido como Rafinha, foram presos neste ano.

"Já é possível afirmar que pertence a essa facção", disse. "O prejuízo é considerável. Não tenha dúvida. Sem contar a questão do armamento. A quantidade de munições é grande. São armamentos que no mercado negro saem em valores altos", acrescentou o diretor. Ele ainda revelou também que as armas e os explosivos seriam utilizados para ataques a bancos na região, e que as drogas e armas também seriam distribuídas na mesma localidade. 

Todo o material foi apresentado na 26ª Delegacia Territorial (Abrantes), e depois encaminhado ao Draco.  Ninguém foi preso.
 

Veja imagens da coletiva clicando aqui.

 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

087 9 9805 9627

Redes Sociais


Enquete


Nenhum registro encontrado


Publicidade Lateral
Estatísticas
Visitas: 2792880 Usuários Online: 69
Fan Page

Parceiros


Sertão Noticias.com
Copyright (c) 2018 - Sertão Notícias - Todos os direitos reservados